Ivan Maldonado Online

"Atendimento de segunda a domingo a partir das 17h30"

Onça que movimentou Arapongas na segunda é solta na natureza

onça
Animal foi solto na natureza / Foto: Reprodução

A onça parda que movimentou as forças de segurança e equipes de Meio Ambiente de Arapongas na segunda-feira, 27, foi solta na natureza na região rural de Londrina na tarde desta terça-feira, 28. A informação foi confirmada pela veterinária, coordenadora do Hospital Veterinário da Unifil, Mariana Cosenza.

Segundo a veterinária, o felino, um macho adulto, foi recebido pelos profissionais da Unifil e passou por diversas avaliações e exames. “Ele tem aproximadamente 4 para 5 anos de idade e depois de passar pela avaliação dos veterinários e realizar exames de sangue, pudemos comprovar que está  bastante saudável, com dentes ótimos, totalmente apto para viver na natureza”, disse.

Ela explicou ainda que muito provavelmente, o animal estaria em Arapongas, naquela região, apenas de passagem. “É um animal bastante comum na nossa região. No caso de um macho como este, é normal andar sozinho, ele pode caminhar até 20 quilômetros por dia em busca de expandir território e buscar alimentos. Este felino tem hábitos noturnos, então não é muito comum encontrá-lo durante o dia como foi o caso em Arapongas. Provavelmente, ele estava ali de passagem para outros territórios”, esclareceu.

A veterinária explica que a onça parda se alimenta de pequenos roedores e também de pacas, capivaras e algumas espécies de aves, e não representa perigo para o ser humano. “Esta espécie não costuma atacar as pessoas, na verdade, o animal tem medo do ser humano. Somente em uma situação em que ele se sentir muito ameaçado, ele pode tentar atacar para se defender, mas é raro acontecer. Se alguém encontrar um animal como este, não deve tentar se aproximar. A reação correta é se afastar, sem dar as costas para o animal, sem se abaixar e não correr. Os órgãos ambientais também devem ser acionados”, disse.

(Mais notícias da região)

Com informações TN Online

Gostou da matéria. Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram